Menu
Home
Leia nosso Blog

21/03/2022 - Mulher desvia de cadela e cai de moto e a cãozinha fica ao seu lado "prestando socorro"

Mulher desvia de cadela e cai de moto e a cãozinha fica ao seu lado "prestando socorro"

Leidiane Oliveira estava indo de um trabalho para outro quando o fato aconteceu. Durante todo o atendimento a cadelinha ficou ao seu lado como se estivesse "prestando socorro".. O caso aconteceu na grande Recife.

O fato ocorreu no dia 17 de março quando Leidiane se deslocava em sua motocicleta do serviço de vigilante e para seu outro serviço que é como recepcionista na Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, a cadelinha apareceu no meio da rua e Leidiane ao desviar acabou perdendo o controle e caindo, visto que a pista estava molhada e escorregadia. Durante todo o tempo do resgate a cachorrinha não saiu de perto da motorista, o que chamou a atenção dos socorristas no local.

"Caído eu teria de todo jeito, porque eu freei a moto de maneira muito brusca. Não tinha o que fazer. O chão estava muito molhado por conta da chuva e a moto derrapou [...] Eu quis "livrar" pra não bater nela". 

"Quando eu caí, ela veio pra perto de mim e começou a me lamber. Aí, me tiraram do meio da pista e me colocaram perto a uma farmácia, numa calçada. Ela ficou o tempo "todinho" junto de mim". Contou Leidiane

"Nossa equipe de moto resgate chegou e se deparou com a vítima de queda de moto e esse cãozinho, que a todo momento ficou do lado da vítima como se a conhecesse, demonstrando sentimento de culpa, como se estivesse se desculpando pelo ocorrido", afirmou o cabo Emanuel, do Corpo de Bombeiros, em vídeo divulgado pela corporação.

A recepcionista disse que a cadela surpreendeu até mesmo os bombeiros que a atenderam. “Quando me colocaram na maca para me levar para a ambulância, ela foi atrás e ficou tentando subir na ambulância. Aí o bombeiro foi e disse ‘meu Deus, essa cachorra está de brincadeira’”, relatou.

De licença médica em casa, no Barro, Zona Oeste do Recife, a recepcionista contou que faz planos de voltar ao local do acidente para tentar localizar a cadela que não a abandonou. “Se encontrar, vou trazer para ser irmãzinha da minha filha”, garantiu.

Fonte: G1

« voltar para o blog